Maresia na Costa

08 janeiro 2008

Pesca à bóia em Sagres

(Clique na foto para ampliar)

Aí está um nome a que nenhum pescador fica indiferente. Ao ouvir este nome associamo-lo de imediato a grandes pescarias de peixe de bom porte.

Vamos tentar deixar aqui algumas notas para que o pescador que aqui chega, mesmo desconhecendo o local possa obter algum sucesso numa jornada de pesca à bóia.

De Novembro a Março o pescador de bóia tem aqui um dos melhores destinos (senão o melhor) para uma jornada de pesca à bóia, uma única regra se impõe: É proibido ter vertigens!

A altura das falésias, a profundidade do mar, o poder do vento, faz com que nos sintamos bem pequeninos, como diria Camões, é aqui que a terra acaba e o mar começa.

O local

A costa de Sagres caracteriza-se por falésias altas e escarpadas e mares profundos. A grande maioria dos pesqueiros é em falésia, os pesqueiros mais próximos da água são poucos e normalmente com descidas bastante arriscadas e de difícil acesso. Embora existam muitos pescadores alpinistas a maioria do pessoal não arrisca e prefere pescar em altura, apesar de altos, são pesqueiros facilmente acessíveis e por isso muito frequentados pois proporcionam boas capturas.

As principais zonas de pesca à bóia são:

-->A Fortaleza de Sagres, falésia a pique de cerca de 45/50 m de altura;

-->A zona dos buracos, em frente às instalações da Marinha, rocha calcária com pesqueiros mais baixos, alguns perto de água mas a maioria entre os 20 e os 40 m de altura;

-->O Cabo de S. Vicente, falésias a pique com a maioria dos pesqueiros a 50/60 m de altura;

-->Por último a zona de Armação Nova, o mais acessível dos pesqueiros, por isso dos mais concorridos, pesca-se perto de água e em falésia baixa, 10 a 15 m de altura.

O material e montagens

Como já perceberam o local não é para brincadeiras, por isso há que ter material a condizer, embora já se vão vendo algumas canas de bóia de 6 m o pessoal da zona costuma usar para a pesca à bóia as canas de Sufcasting telescópicas de 5 m, acção 100-200 grs e carretos a condizer que levem pelo menos 200 m de fio 0,40 mm. Por aqui ninguém pesca directo, usa-se sempre estralho normalmente do comprimento da cana. As bóias habituais são o clássico pião de correr em cortiça ou de espuma calibrado com chumbada furada de 20 a 50 grs conforme o necessário. Por cima da bóia leva uma pequena missanga que não lhe permite ultrapassar o nó de travamento ou batente de silicone.

Genericamente uma montagem que funciona bem na zona é um estralho de 5 m usando apenas um chumbinho de correr de 3 grs (oliva) que fica em cima do anzol e a bóia de correr com chumbada de 30 grs travada 2 ou 3 m acima. Ficamos assim com uma montagem com o anzol a trabalhar 7 ou 8 m abaixo da superfície o que é adequado à maioria dos pesqueiros.

Os iscos

Os iscos de eleição para a pesca à bóia são apenas 3, mas estes são quase obrigatórios: A sardinha para engodar e iscar com o filete do rabo ou lombo, a gamba/camarão da costa fresca ou congelada e o célebre ralo, este último é realmente o tira-teimas com águas mais claras.

Por último um conselho, tragam o cesto (rabeca), senão arriscam-se a prender “aquele” peixe e depois não conseguem efectivar a captura. Uma companhia também é sempre recomendável.

7 Comments:

  • Boas AFerreira.
    Lá trazes mais uma descrição dos pesquerios da tua zona, neste caso nas falésias de Sagres.
    Zona de extrema beleza.
    Só te faltou assinalar a necessidade de percorrerem esses sitios com extremo cuidado.
    Ainda esta semana por ai, Alzejur, foi ao banho mais um pescador e não voltou.
    Uma Continua a escrever temas interessantes.
    Fica bem

    By Blogger José Cavalheiro, at 11:25 da tarde  

  • Boas Ferreira.
    Excelente artigo sobre a pesca em Sagres que o amigo conhece e pratica tão bem.
    Abraço e continue a brindar-nos com a sua sabedoria.

    By Blogger Sargus, at 1:15 da manhã  

  • Viva Ferreira!

    Não "pesco" nada de bóia!

    Mas, com este artigo, não sei se também não fico com vontade de gastar algum do meu tempo nessa modalidade! Ainda por cima em Sagres, donde tenho tão boas recordações!

    Abraço!

    Ernesto

    By Blogger Ernesto Lima, at 7:26 da tarde  

  • Execelente Blogue. Parabéns!

    By Blogger efe, at 12:54 da manhã  

  • É aproveitar agora.
    Está o sargo a montes.
    Um abraço

    By Blogger Vieira Calado, at 1:13 da manhã  

  • Boa noite
    Vim ver se ainda por aqui andas.
    Tens escrito pouco, espero que tenhas pescado mais do que escreves.
    Gostei de saber que ainda aqui andas.
    Fica bem

    By Blogger José Cavalheiro, at 11:29 da tarde  

  • Olá S. Ferreira,
    Obrigado por ter adicionado o meu blog, farei o mesmo em relação ao seu.
    Obrigado por partilhar os seus artigos, com todos nós.
    Parabéns e sucesso nestas lides...

    By Blogger Paulo Machado, at 1:58 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home